Crítica | Titãs – 1X05: Together

Contém spoilers. O quinto episódio de Titãs é um capítulo sobre união, sobre os personagens tornando-se um verdadeiro time, algo esperado desde o começo da série pelos fãs. O enredo retorna à premissa original, sobre Rachel Roth (Teagan Croft) sendo perseguida por pessoas enormemente exóticas, interessadas em uma profecia qualquer. Os antagonistas são os mesmos de capítulos …

Crítica | Sequestro Relâmpago

Encantador ver como há uma renovação considerável no cenário brasileiro de cinema, mesmo em meio às tendências que buscam homogeneizar a maneira de se filmar no nosso país. Filmes sempre limpos, estáticos, que geralmente tentam exprimir afeto a partir de narrativas higienizadas e sem “epiderme”, nas palavras do cineasta Claudio Assis. Da marginalidade, surgem cineastas …

Crítica | 22 de Julho (2018)

Vocês vão morrer hoje. Marxistas, liberais, membros da elite… esta é a frase que diz Anders Behring Breivik, quando entra em um salão de reunião, num acampamento para estudantes do Ensino Médio, e mata a todos os adolescentes que estavam no local. Interpretado de maneira aplaudível por Anders Danielsen Lie neste drama baseado em fatos reais, o personagem …

Crítica | My Hero Academia – 1ª Temporada

Já não é nenhuma novidade que o Ocidente possui características muito diferentes das do Oriente. Com o mundo globalizado, porém, ambas as culturas acabam se convergindo, resultando em uma mescla extremamente rica. Boku no Hero Academia é uma série animada que resulta dessa sinergia. O anime possui inúmeras características de sua mídia e de seu …

Crítica | A Primeira Noite de Crime

“Cidadãos, essa será a tradição que celebraremos todo ano. Juntem-se ao Expurgo.” A Primeira Noite de Crime é o primeiro passo da franquia com algum traço de inteligência sobre sua própria criação, particularmente genérica, acompanhando personagens prestes a serem assassinados, enquanto doze horas em que todos os crimes tornam-se legais são paulatinamente sobrevividas, em um …

Crítica | Heróis em Crise #1: Eu Estou Apenas Aquecendo

Existem histórias que, por causa de seu forte apelo pessoal e por aquilo que forma a sua base narrativa (ainda mais pra um escritor tão dramático quanto Tom King), vão, por excelência, dividir o público em duas grandes parcelas: os enraivecidos pelo que leu, e os felizes e talvez emocionados pelo que leu. Minha nota inicial …