São Bernardo recebe Copa São Paulo de Judô 2019


Crédito: Gabriel Inamine/PMSBC

O Ginásio Poliesportivo de São Bernardo, localizado na Avenida Kennedy, 1.155, bairro Anchieta, será palco neste sábado (16) e domingo (17) da Copa São Paulo de Judô 2019. A Competição é organizada pela Federação Paulista de Judô com o apoio da Prefeitura de São Bernardo por meio da secretária de Esporte e Lazer. A entrada é gratuita.

O evento iniciou às 8h30 e conta com a participação de 2.400 judocas, representando 200 associações do Estado. A estrutura montada para receber o evento conta com 12 áreas de luta para combates simultâneos.

No tatame representando São Bernardo grandes nomes do esporte como a judoca Gabriela Mantena, vice-campeã Mundial, vice-Campeã dos Jogos Panamericanos, Campeã na Copa São Paulo de 2018 nas categorias sub-21 e adulto e campeã na Copa São Paulo de 2017 nas categorias sub-18 e adulto. Outro nome que promete grandes resultados é a judoca Receba Souza, integrante da Seleção Brasileira de Judô e campeã da Copa do Mundo IBSA de Judô Paralímpico, realizada em setembro de 2018, no Cazaquistão.

De acordo com o técnico Carlos Hayashida, “esta é uma competição muito difícil, só participam os melhores atletas. Estamos confiantes na nossa delegação, todos tem grandes chances de medalha”, destacou.

A equipe de São Bernardo é formada ainda por Rafaela Tomiati (campeã da Copa São Paulo de 2018), Marcela Seika Ciolfi (vice-campeã Paulista), Manuela Gomes Maia (3ª colocada no Campeonato Paulista), Gabriel Garbim Borges, Carolina de Jesus, Luccas Nerath, Marcos Vinícius Marinho da Conceição, Adevaldo de Melo Ferreira Junior, Lucas Prado do Carmo, Carlos Eduardo Baratela, Rafaela Sardinha Ronque, Marcos Seiji Shiba, Vinicius Dan Marinho, Denis Borges, Carolina Prado, Ana Beatriz Specht.

A competição é considerada o maior evento interclube da America Latina. Os judocas disputarão em duas categorias; a Divisão Especial: sub-15, sub-18, sub-21 e adulto e na Divisão Aspirante: sub-11 e sub-13, ambas no masculino e feminino. A grande novidade deste ano é que a competição conta pontos para o Ranking Nacional. Os campeões do Ranking Nacional, ou seja, aqueles que terminarem a temporada liderando suas categorias em 2019 serão convocados pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ) para representar o Brasil em um evento da Federação Internacional em 2020.