Preso há mais de 2 anos, Cabral deve entregar Aécio Neves

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (MDB), estaria disposto a abrir para a Justiça fatos e informações que devem comprometer o deputado federal Aécio Neves (PSDB). As informações são de Guilherme Amado, da Época. De acordo com o jornalista, Cabral já teria informado ao Ministério Público Federal (MPF) que pretende contar o que sabe sobre supostas irregularidades na campanha eleitoral do tucano em 2014. Naquele ano, o MDB de Cabral, então PMDB, apoiou a candidatura de Aécio para a presidência. Leia também Ninguém mais liga para Aécio Neves (ou o primeiro a ser comido) Preso desde novembro de…

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (MDB), estaria disposto a abrir para a Justiça fatos e informações que devem comprometer o deputado federal Aécio Neves (PSDB). As informações são de Guilherme Amado, da Época.

De acordo com o jornalista, Cabral já teria informado ao Ministério Público Federal (MPF) que pretende contar o que sabe sobre supostas irregularidades na campanha eleitoral do tucano em 2014. Naquele ano, o MDB de Cabral, então PMDB, apoiou a candidatura de Aécio para a presidência.

Leia também
Ninguém mais liga para Aécio Neves (ou o primeiro a ser comido)

Preso desde novembro de 2016 por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e pertencimento a organização criminosa, o emedebista, em fevereiro, admitiu pela primeira vez, em depoimento ao MPF, que recebeu propina em suas gestões como governador.

Desde então, aliados e empresários têm ficado apreensivos com a possibilidade de Cabral delatá-los.