América arranca vitória no final e se aproxima da vaga na final da Copa RN

Não foi uma das melhores apresentações do América, mas a equipe demonstrou muita determinação em campo para bater o Força e Luz por 2 a 0 (gol de Hiltinho e Max) e retomar a liderança da Copa RN. A equipe sequer lembrou o time que encantou o torcedor na vitória do clássico, mas apesar do placar magro, o resultado foi muito importante para o objetivo do clube. Pelas contas do treinador Moacir Júnior, agora, apenas quatro pontos afastam o clube da final do turno.
Com gols de Hiltinho e Max, América bateu o Força e Luz e é líder da Copa RN


Com gols de Hiltinho e Max, América bateu o Força e Luz e é líder da Copa RN

Disposto a retomar a ponta da tabela de classificação, o América não esperou muito para ir em busca de abrir o placar. Encurralou o Força e Luz no campo de defesa nos minutos iniciais e chegou até a acertar uma bola no travessão, após falta cobrada por Adenilson.

Mas se livrando do jeito que podia, o time elétrico conseguiu adiantar as suas linhas  e amenizar mais o perigo que o goleiro Manoel vinha sofrendo. Aliado ao crescimento do adversário, o América também passou a cadenciar mas o jogo, como se estivesse poupando sua energia para durar os noventa minutos.

Com o equilíbrio registrado dentro de campo, a partida perdeu em emoção. O Força Luz não mostrava força ofensiva suficiente para buscar o caminho do gol e nem o América se mostrava mais tão agudo quanto no início da partida.

Como o América parou de agredir, o Tricolor natalense foi criando coragem, fez uma boa troca de passes e Paulinho arriscou da entrada da área para defesa de Copetti.De tão atrevido na partida, o Força e Luz tomou um contra-ataque americano, puxado por Max, que só não acabou em gol, devido a péssima conclusão de Kaike.

Retornando para o segundo tempo com Hiltinho no lugar do volante Gabriel Nunes, Moacir Júnior colocou mais um homem de armação em campo, o América voltou a forçar o jogo e reclamou de um pênalti não assinalado pelo árbitro sobre Adenilson. Ele dominou a bola de frente para o gol, quando se ajeitava para chutar caiu, reclamando empurrão por trás do seu marcador.

Hiltinho marcou o gol da vitória para o América contra o Força e Luz


Hiltinho marcou o primeiro gol da vitória para o América contra o Força e Luz

Visivelmente perturbados com o empate, os jogadores americanos passaram a tentar resolver tudo com pressa. E o resultado de tanta pressa não se mostrou satisfatório, porque o time não conseguia engrenar uma boa jogada de ataque. Moacir Júnior buscando suas últimas cartadas, mexeu novamente e colocou o atacante Murici no lugar do lateral-direita Joazi, mando a equipe ainda mais para frente.

Tentando achar o caminho do gol de qualquer maneira, o América pressionava, a bola passava na frente do gol do Força e Luz, mas não aparecia ninguém para empurrar para o fundo da rede. Até que, aos 35 minutos, Max dominou a bola na frente da área, na base do perde e ganha, e conseguiu lançar Hiltinho, que foi mais rápido que o goleiro e desafogou o peito do torcedor alvirrubro, marcando 1 a 0.

Desgastado pelo esforço realizado para saltar na frente no placar, o time relaxou e passou a fazer o tempo passar para garantir o resultado. Mas ainda assim, numa escapada, aos 48 minutos, Kaike acertou um belo cruzamento e Max uma bela conclusão de cabeça para fazer 2 a 0 e fechar a conta do jogo.

Ficha técnica

América: Copetti, Joazi (Murici), Adriano Alves, Brand e Kaike; Leonardo Melo, Gabriel Nunes (Hiltinho), Adenilson e Róger Gaúcho; Max e Jean Patric (Luisinho). Técnico: Moacir Júnior.

Força e Luz: Manoel, Cristiano, Alex, Jonathan Bill (Mariano) e Murilo (Moabi); Edson Silva, Pereira, Boca e Vinícius Ramos (Daniel); Marcelo e Paulinho. Técnico: Airton Fonseca.

Árbitro: Leonilson Trigueiro

Gols: Hiltinho/AME (35’/2°T), Max/AME (48’/2°T)
Público: 1.486
Renda: R$ 19.045

Local: Arena das Dunas