Pela primeira vez, 'Lar doce lar'' reformará casa de deficiente visual

Publicidade

Caldeirão do Huck

A diversidade, segundo Huck
Pela primeira vez desde que o quadro foi criado, em 2006, o “Lar doce lar” — que terá hoje sua primeira edição de 2019 — reformará a casa de um deficiente visual. Será a de Lisandra Vellani, uma paratleta (de natação e atletismo) de 38 anos. Acompanhada por Luciano Huck e o marido, Sérgio, Lisandra conhecerá a “nova” casa com, por exemplo, degraus trocados por rampas, portas com bolinhas adesivas que diferenciam um cômodo do outro e pisos com texturas diferentes em cada quarto.

Publicidade