99 vitórias: Mano foi substituído por auxiliar 16 vezes e em 8 triunfos

Publicado em 16/03/19 – 12h00

Frederico Ribeiro

@SuperNoticiaFM

Das 99 vitórias de Mano Menezes sob o comando da Raposa, em oito o auxiliar técnico do treinador, Sidnei Lobo, foi o responsável por cumprir as funções à beira do gramado. O braço direito do chefe da comissão técnica celeste tem participação ativa na trajetória de Mano pela Raposa e foi o interino em 16 ocasiões (13 pelo Campeonato Brasileiro, duas pela Primeira Liga e uma pelo Mineiro).

Na reta final do ano passado, Mano Menezes se afastou das rodadas derradeiras do Brasileirão por questões pessoais e Sidnei “tocou o barco”. No total, são 8 vitórias, três empates e 5 derrotas. São, portanto, 56,2% de aproveitamento para o adjunto, bem perto do rendimento de Mano.

O reconhecimento da presença de Sidnei para “quebrar o galho” foi realizado por Mano na ocasião do 200º jogo completado pelo clube, no fim de fevereiro, quando o treinador recebeu uma estatueta das mãos do presidente Wagner Pires de Sá.

“A estátua ficou bem parecida. Até tem algumas coisinhas aí do Sidnei, uns dentes do Sidnei (risos). Mas é justo porque algumas vezes, nesses 200 jogos, foi o Sidnei que esteve no banco de reservas me representando”, afirmou Mano.

Se for subtrair os jogos em que o treinador esteve ausente – seja por suspensão de cartão vermelho ou ausência de ordem particular – Mano tem o seguinte histórico no comando do Cruzeiro: 187 jogos, 91 triunfos, 57 empates e 39 tropeços.