Wolff considera que a Mercedes tem outra estrela futura em Russell

Embora George Russell ainda não tenha feito sua estréia oficial na F1, Toto Wolff já está nomeando o atual campeão da Fórmula 2, como uma “estrela no futuro”.

Wolff considera que a Mercedes tem outra estrela futura em Russell

Russell, que venceu o campeonato de Fórmula 2 do ano passado, vai correr pela Williams na Fórmula 1 nesta temporada.

No ano passado, foi anunciado que ele havia assinado um contrato de vários anos com os ex-campeões da F1, e será parceiro de Robert Kubica em 2019.

O piloto de 20 anos, entretanto, manteve suas ligações com a Mercedes, pois ainda é um membro do seu programa de pilotos.

Relembrando seu primeiro encontro com Russell na adolescência, o chefe de automobilismo da Mercedes, Wolff, acredita que, no Britânico eles têm uma possível estrela do futuro.

“Meu primeiro encontro com George foi quando ele tinha 15 ou 16 anos, e ele me pediu uma reunião”, disse Wolff ao site oficial da F1.

“Eu realmente gosto de conhecer essas crianças cheias de sonhos. Ele veio de terno preto e gravata, com um notebook, e disse que tinha acabado de vencer, acho que foi o título da F4 britânica, e estava pensando em fazer a F3”.

Russell continuou: “Meu sentimento é que eu deveria ficar com um time britânico porque sou muito jovem e eu entendo a Carlin, mas isso fecharia a porta da Mercedes para mim se eu não estivesse com um motor Mercedes na F3, no meu primeiro ano?”

“Era uma questão tão reflexiva de um jovem de 15 ou 16 anos, que foi realmente incrível. Então ele tem o cérebro, ele tem a empatia, as habilidades sociais e a pilotagem”.

“Eu só posso repetir o que Sebastien Philippe, o chefe de Russell na ART, me disse. Ele disse que ‘Russell era um dos melhores que já tivemos em nossa equipe’.”

“Acho que podemos ter outro jovem garoto britânico aqui, que pode se tornar uma estrela no futuro”, completou Wolff.

F1Mania