«Isco? É tempo de trabalhar mais e falar menos»