Assalto aos Correios termina com sete presos e um morto, todos de Araguaína

A Polícia Militar prendeu quatro criminosos que participaram do assalto à agência dos Correios de Itacajá (TO), além de um homem e duas mulheres que se preparavam para dar apoio aos assaltantes no Povoado Cartucho, município de Goiatins. 

O assalto aconteceu na noite de quinta-feira (8), quando cinco criminosos fizeram refém o gerente da agência, juntamente com sua família, e o obrigaram a retirar todo o dinheiro do cofre. O valor não foi divulgado.

Na fuga, já na manhã da sexta-feira (9), os criminosos saíram em direção a Araguaína em dois veículos, sendo um Renault Sandero, onde estava a família do gerente e três assaltantes, e uma caminhonete L200 logo atrás com o gerente e mais dois assaltantes.

Porém, a caminhonete capotou durante a fuga e o gerente conseguiu fugir pelo mato. Os assaltantes continuaram a fuga no outro veículo e libertaram a família do gerente numa estrada vicinal localizada na Jacubinha, já em Araguaína.

Durante as diligências, a Polícia Militar cercou toda a região através do Grupamento de Inteligência, Grupamento de Rádio Patrulha, Comando de Operações Especiais de Araguaína (COE) e Grupo de Operações com Cães de Palmas (GOC).

O primeiro assaltante, Wadyson Nascimento Rocha, de 21 anos, foi capturado com R$ 26 mil em espécie na manhã de sábado (10) na região do povoado Cartucho, município de Goiatins (TO).

Posteriormente, a Polícia Militar interceptou no Setor Morada do Sol, em Araguaína, um veículo Fiat Pálio com dois homens, sendo um deles assaltante, e duas mulheres que estariam se preparando para resgatar os criminosos que estavam na caminhonete.

Um dos presos disse que havia um terceiro assaltante escondido numa residência do Setor Vila Nova. Na casa, o bandido, de 24 anos, estava com o notebook do gerente e confessou participação no assalto.

O quarto assaltante, de 19 anos, estava escondido na própria residência no Setor Patrocínio, também em Araguaína. 

Todos os sete envolvidos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Federal.

MORTE EM CONFRONTO

Segundo a PM, um dos envolvidos no assalto, conhecido como China, estava escondido no matagal, no Povoado Cartucho, e reagiu com disparos de arma de fogo ao ser localizado. 

No confronto, o bandido foi baleado e encaminhado ao Hospital em Itacajá, mas não resistiu aos ferimentos. A PM disse que ele estava com um revólver calibre 38 e morava em Araguaína.